Um pouco de nós...

Minha foto
Terra do Nunca, Brazil
Mas por quê 'namoridos'? Talvez essa definição dê ao nosso relacionamento a leveza de borboletas, a felicidade de um sorriso. Somos 'namoridos' jovens, que está em plena efervecência das (re)descobertas do amor, do prazer, e da cumplicidade. É nessa triangulação entre amor-prazer-cumplicidade que o swing se desvela para nós como possibilidade de encontro: conosco e com os outros.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Recomeçando...

Estava pensando no que escrever para o Blog... É, ele está meio largado, e tal, mas é comum quando se está em dias difíceis... tipo, final de ano: fechando as contas entregando as coisas pra recomeçar tudo nos conformes. Talvez até mudar de ares, fazer novas amizades e tentar outros caminhos, mas o que não queremos mudar é a nossas constantes mudanças em busca de sermos felizes.
Sempre pensei em conversar com alguém sobre este tema que vou abordar aqui com vocês, mas fui meio que impedido por algumas nóias ou normas, por isso lá vái... então, sabem, isso de swing... Tipo, é um direito nosso fazer sexo da forma como queremos (pelo menos é o que achamos), e porque não fazemos? Daí tento me responder e sempre vem as mesmas coisas, como: sei lá, pode ser para não perder nossos empregos, para não envergonhar nossas famílias, não perdermos o respeito dos amigos... Essa pergunta já deve ser bem batida entre os casais swingers. Até parece que estamos praticando um crime! E pra viver em "paz" e não ficarmos a margem da sociedade, temos muitas vezes que fingir não saber o que é swing, menage e outras cositas mais para não sermos tão "sabidinhos" no assunto. 

Daí preferimos ficar com assim: Mas que nada, viemos pra surpreender e não queremos deixar de gozar a nossa vida por causa da vida alheia. Bem, isso não quer dizer que somos "porras loucas" só queremos ser felizes, errar, acertar e poder sentir o prazer de olhar pra trás e dizer que mudamos (que bonitinho). Assim,  é bastante cômodo a máxima de que time que se está ganhando não se mexe, mas se bem que não estamos em um campo de futebol, então... Deixa MeXeR! :D 
















Hou HOu HoU... Feliz natal (atrasado) e um ótimo ano novo... Esperamos vocês ano que vem ;)

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Para desestressar um pouquinho

     Ando escutando bastante a Maria Rita. Super diva, né? rsrs ;)
    
     Para as esposas Bi de plantão... Uau, que mulher é essa, my God!


     Recuperando o fôlego por estar imaginando um super menage com ela agora, fica um clipe de "Tá perdoado":


(P.S. Não consegui anexar o vídeo :/ Alguém me socorre,please!)



Novidades à vista...

Bom dia, casais, meninos e meninas!


Estamos bastante atarefados, essa semana  e a que se passou foi um sufoco só.  Mas a vontade de publicar aqui uma experiência swinger suuuuper recente está me sufocando...

Estou doida para compartilhar com vocês uma super gostosa noite nossa com um casal super gostoso e gente boa ;)



Acho que vão curtir bastante... Aguardem!

Bjocas, da Mônica.

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Devaneando um pouco sobre o swing...

Buenos dias, personas queridas...

Hoje, em minhas leituras e confabulações, parei um bocadinho (eu, a Mônica) e fiquei pensando sobre o que danado é fazer swing. Como toda boa iniciante na prática (digo iniciante porque, embora passados uns três aninhos nesse universo gostoso, poucos foram os casais que levamosa termo) fiquei a pensar:

Mas será está valendo a pena (a exposição, alguns contratempos etc etc) o swing?

O Edu me ama e eu sou completamente apaixonada por ele... Então por que desejar outras pessoas?


Confabulei, confabulei, confabulei... Resultado = zero.

E eis que a danada da Rita Lee me entra como trilha sonora (tava no pc e eu nem lembrava mais que a música estava lá.. rsrs), traduzindo pra mim em uma poesia cantada lindíssima, tudo o que o mundo do swing para os casais representa. Pelo menos no meu caso. rs!

Acho que vale a pena postar...

Amor E Sexo

Composição: Rita Lee / Roberto de Carvalho / Arnaldo Jabor

Amor é um livro
Sexo é esporte
Sexo é escolha
Amor é sorte...

Amor é pensamento
Teorema
Amor é novela
Sexo é cinema..

Sexo é imaginação
Fantasia
Amor é prosa
Sexo é poesia...

O amor nos torna
Patéticos
Sexo é uma selva
De epiléticos...

Amor é cristão
Sexo é pagão
Amor é latifúndio
Sexo é invasão
Amor é divino
Sexo é animal
Amor é bossa nova
Sexo é carnaval
Amor é para sempre
Sexo também
Sexo é do bom
Amor é do bem...

Amor sem sexo
É amizade
Sexo sem amor
É vontade...

Amor é um
Sexo é dois
Sexo antes
Amor depois...

Sexo vem dos outros
E vai embora
Amor vem de nós
E demora...



Bom final de semana prolongadíssimo! Eeeeba!
Casais: apareçam para esquentar esse nosso feriadão! rsrsrs 


domingo, 24 de outubro de 2010

E as saudades do Edu...

....aproveitei pra brincar sozinha!


Mas não posso negar que adoro me tocar... Mesmo estando com o Edu. rsrsrs!


sábado, 23 de outubro de 2010

Ela por ele...

Moly por Edu...
...Tenho pensado bastante como descrevê-la, visto que ela não é só um pronome pessoal, é mais que todas as classes gramaticais ou qualquer outra forma de expressar o amor, companheirismo, sensualidade, tesão e tudo que um casal precisa ter pra ser feliz. Sinto nas palavras dela, desde a leveza do riso de uma criança à força do “BRUM!” de um trovão. O seu toque.... aaaahhhh o seu toque, tento traduzir como a calmaria de um riacho ou às vezes a fúria de um dia de maresia carioca. Quanto ao cheiro... sabe, conversávamos hoje sobre isso, cheiros, aquilo que nos faz fechar os olhos, parar as palavras, forçar a respiração pra sugar o supra sumo do aroma. Este também nos leva a pegar com força, tocar com carinho... é, mas aquele cheiro, nossa aquele cheiro, não tem descrição, desculpem-me, mas fico devendo este. Por fim, mas sem acabar, o seu sabor fruta doce nordestina que quando na boca derrete, desmancha sem pedir licença e faz-se pedir mais...
Bem amig@s, sempre tentei traduzir esta mulher nas letras, desenhos, pinturas, melodias ou paisagens, sinto-lhes decepcionar, pois apesar da musa inspiradora que me acompanha este tempo todo, ainda não consegui unir a exatidão dos números com o encantamento das palavras com fins de delimitá-la... Acho que nunca vou conseguir, e que bom isso é! Só prova o quanto nosso amor não tem limites...


Bem vindos ao incrível mundo nosso... Será um prazer tê-los aqui em nossas histórias e realizações.


                                           Je t'aime Moly

Apresentando o casal...

... Aberta a conta do blogger,  e explicitados os motivos que levaram a isso na postagem anterior, agora chegou a vez dos pombinhos serem devidamente apresentados.

Apreciem sem moderação:


Edu... (por ela): Humm... Que dizer do Edu? Que é o homem da minha vida e que me faz muito feliz? Que me dá toda a segurança do mundo pra que a gente possa realizar nossas fantasias e brincadeirinhas?

Pronto.


Esse é o Edu. Mas, mais que isso, o Edu no swing é muuuito gostoso!

              
Branco, 1.80m, super dotado (acho que já puderam perceber nas fotitas acima ... rsrs).
É o cara super romântico e super safado na cama, no sofá, no carro, na mesa... Esses dois adjetivos pra ele não são excludentes.  Never!  Sentir seu corpo no meu é tudo de bom! E vê-lo com outras pessoas,então... Ai, ai! Me excita e me faz ter ainda mais certeza do nosso amor.

********

Moly... (por ele): Merece um outro post... Hihihi

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Era uma vez um blog...

... que surgiu com a proposta de compartilhar: prazeres, taras, vontades, vicissitudes de um casal de namoridos que curtem swing.

 (Mônica passeando no msn... Precisam vê-la na webcam... rss)

Depois de muitos contatos (bons e maus) pelo msn, de visitar alguns sites de swing,  de navegar pelo orkut, nos deparamos com a possibilidade de escrever como num diário nossa vida de swingers. Vida essa que exige discrição, responsabilidade e uma boa dose de tesão! Claro,  Tsão (com t super maiúsculo) não pode faltar.

Realmente esperamos que curtam, porque nós estamos. E muito!


Bjãozão.